OrqFolk

A OrqFolk foi criada no ano letivo de 1999/2000 na Escola de Música da Orquestra Típica Albicastrense, com o nome de OTINHA, o diminutivo da sigla OTA, com o objetivo de proporcionar aos seus alunos uma aula de classe de conjunto, bem como mostrar o trabalho desenvolvido pelos alunos. Ao longo destes 6 anos a orquestra foi ganhando maturidade e hoje é uma aposta na qualidade e desempenho dos seus executantes.

A atual designação, OrqFolk, nasceu a partir de 2 critérios: primeiro, por ser composta por instrumentos ligados à música FolK, nomeadamente Bandolins, Acordeões, Violinos, Flautas Transversais, Clarinete, Guitarras, Baixo e Percussão; segundo, pelo seu repertório, que inclui músicas ligadas ao folk. Presentemente, a OrqFolk apresenta em palco cerca de 25 elementos, na sua maioria alunos, ex-alunos e alguns dos professores da escola, num concerto contagiante, principalmente pela escolha do repertório, desde a música portuguesa com temas de José Cid, Zeca Afonso, Quinta do Bill, entre outros, passando por temas dos ABBA, Coldplay, Frank Sinatra ou ainda clássicos como Fantasma da Ópera.